Olimpíadas de conhecimento para quê?

Entenda o que são as olimpíadas de conhecimento e como elas podem ajudar os alunos a melhorarem seu rendimento escolar.

Muitas escolas e colégios utilizam as olimpíadas de conhecimento ou competições escolares. As instituições têm como objetivo gerar um interesse no aluno acerca de soluções de problemáticas sobre o que lhe é proposto em uma competição, espertando assim, a curiosidade e o desejo dos alunos de solucioná-los.

Competição

Nascimento, Palhano e Oeiras (2007) apontam que as competições escolares organizadas nas diferentes áreas do saber incorporam múltiplos objetivos, dentre eles fortalecer os laços na relação aluno-escola e aperfeiçoar a autoconfiança estudantil. Bem como, leva ao docente a sensação de ganho pessoal, na qual ele consegue enxergar-se como protagonista daquela prova vencida. 

Dessa forma, as competições escolares proporcionam um amplo potencial no desenvolvimento do raciocínio e autonomia dos estudantes, promovendo, desta forma, o emprego dos conhecimentos adquiridos pelos discentes durante a execução de tal exercício. Assim, o aluno colhe os frutos de seu empenho e realça a segurança em seu potencial, e logo passa a aprofundar-se nos estudos, criando maior identificação individual com os saberes que o cercam. 

Quadros et al. (2013), alega que estas competições “[…] incentivam o trabalho em equipe, reforçando hábitos de estudo, o despertar da cooperação entre equipes de estudantes e professores”. Portanto, neste contexto, o aluno tem a promoção de estímulos para o conhecimento de forma geral.

Alunos Physics medalhistas na Olimpíada Paraense de Química

Muito mais do que premiação

Ao decidir participar de disputas do tipo, o aluno passa a se dedicar com mais afinco a determinado assunto, portanto, ele passa a ter mais disciplina, organização, foco e, ainda, a desenvolver novas habilidades, como o raciocínio lógico. 

Em outras palavras, incentivar a participação em olimpíadas de conhecimento é pensar no futuro dos alunos. Além do próprio aprendizado inerente à preparação, definitivamente, a conquista da medalha é um empurrão no futuro acadêmico e profissional. Desse modo, com a propagação de tais práticas contribuirá de modo significativo no processo ensino-aprendizagem, auxiliando também no aperfeiçoamento educacional.

 Como resultado, os alunos sentem-se motivados a estudar mais sobre os assuntos e assim, ir além dos conteúdos vistos em sala de aula, passando para um contexto mais preparados.

Referências

NASCIMENTO, M. G. do; PALHANO, D.; OEIRAS, J. K. K. Competições escolares: uma alternativa na busca pela qualidade em educação. São Paulo, 2007.

QUADROS, A. L. et al. Ambientes colaborativos e competitivos: o caso das olimpíadas científicas. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 22, n. 48, p. 149-163, jan./abr. 2013. Disponível em: . Acesso em: ago. 2017.